Postagens

Karol Conká pode perder até R$ 5 milhões com suas atitudes no BBB 21

De favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão do BBB 21 ( Big Brother Brasil ), a rapper Karol Conká acumula cancelamentos e pode ter prejuízo de até R$ 5 milhões, considerando perdas com publicidade no Instagram, shows e programas de TV. Os cálculos são da Brunch, agência especializada em influência digital. A agência levou em consideração três aspectos para chegar ao preço de uma publicidade nas redes sociais do criador: custos de produção, uso de imagem e distribuição. No caso da Karol, um post em foto no feed custa R$ 24 mil e ela faz em média dois por mês, o que totaliza R$ 48 mil. Cada show da artista sai por R$ 150 mil. Se ela fizer  quatro shows mensais são mais R$ 600 mil. Juntando redes sociais e shows, os ganhos dela chegam a R$ 648 mil por mês. A cantora tem ainda pelo menos um contrato publicitário de R$ 1 milhão. Além disso, entraria no ar o programa Prazer Feminino, na GNT, em que Karol apresentaria com a ex-BBB Marcela McGown. A Brunch considera que o programa lhe renderia alg

Reinaldo

FHC critica ‘pedras lançadas’ contra o futuro governo de Bolsonaro

Kashima e Al Ain avançam, e jogarão semis do Mundial contra Real Madrid e River Plate

Milan é multado em R$ 52 milhões e pode ser suspenso de torneios europeus

Boca não renova com Schelotto após vice e oficializa saída do treinador

Funcionários de Flávio Bolsonaro repassaram até 99% dos salários para o motorista

Mundial de Natação: Nicholas Santos é bicampeão; Brasil leva 3 medalhas

Tumba de 4400 anos é descoberta em Saqqara, no Egito

Celebridades e Sub Celebridades: Briga entre Vida Vlatt e Ana Paula Renault termina na delegacia de Polícia

BOTAFOGO APRESENTA O PLANEJAMENTO PARA 2019

Acabar com a corrupção era para acabar com o Lula

Defesa de João de Deus diz que ele vai se entregar, mas não respeitará prazo

No Mariana Godoy Entrevista, o jornalista William Waack expõe seu ponto de vista sem a tutela da Rede Globo

A Voz do Cerrado: "Nós nunca vamos ter estabilidade se tivermos desigualdade"

João de Deus ainda não é considerado foragido, mas a polícia ainda não sabe onde ele se encontra

Questão