Arthur Nory é campeão mundial na barra fixa

Defesa de João de Deus diz que ele vai se entregar, mas não respeitará prazo

Os advogados de defesa do médium João Teixeira de Faria, 76, conhecido como João de Deus, disseram que ele vai se entregar à polícia espontaneamente, mas que isso não deve acontecer antes das 14h deste sábado. Este é o prazo estabelecido pela Polícia Civil. 
Após esse horário, o médium, suspeito de ter abusado sexualmente de mulheres durante atendimentos espirituais, será considerado foragido. A defesa também informou que já apresentou um pedido de habeas corpus na tentativa de revogar o pedido de prisão temporária, feito pelo Ministério Público de Goiás e aceito pela Justiça na sexta (14). 
“A defesa não esperará o habeas corpus. Apenas não se submeterá ao prazo para apresentação que, no entanto, se dará e de forma espontânea”, disse o advogado Alberto Toron.
Fonte: Defesa de João de Deus diz que ele vai se entregar, mas não respeitará prazo - 15/12/2018 - Cotidiano - Folha

Comentários