Juliette realiza o sonho da casa própria para os quatro irmãos e plano de saúde para toda família

Ainda confinada no BBB, Juliette revelou como pretendia usar o prêmio milionário, caso vencesse o reality: 'Primeiramente, para a cirurgia que minha mainha precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular', contou a advogada e maquiadora que desde sempre era favorita a ganhar 1 milhão e meio. Juliette virou a caçula da casa após a morte da irmã mais nova, Juliene, aos 17 anos. Eles são Washington, de 38 anos, Lourival Junior, de 43, Otto, de 42, e José Valdelino, de 35, irmãos da Pitica por parte de pai.    https://youtu.be/mJ68w-0k2_c    #EPJuliette, #Bença, #Doce, #DiferençaMara, #Vixequegostoso, #Benzim, #SeiLa #JulietteFreire, #juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #JulietteNoHugoGloss, #BBB21, #TeamJuliette, #JuliettenaSAMSUNG, #JuliettenaSeara #TemporadaJulietteNoTVZ, #JuliettenaEstacio, #jul

Reinaldo

STF manda soltar bicheiros no Rio @Reinaldo_Cruz @QB_7 @dribles_ @Assuntosdegoias @QB_7 @Aparecida_

O STF (Supremo Tribunal Federal) mandou soltar Aílton Guimarães Jorge, conhecido como Capitão Guimarães; Aniz Abrahão David, conhecido como Anísio da Beija-Flor; e Antônio Petrus Kalil, o Turcão. Eles são apontados como chefes de uma organização criminosa de exploração de jogos ilegais no Rio.
O habeas corpus foi concedido pelo ministro Marco Aurélio, que apontou que o decreto de prisão não estava devidamente fundamentado. Também foram beneficiados pela decisão Júlio Guimarães, que seria responsável pela administração de escritórios da quadrilha, e outros 16 condenados.
Os beneficiados pela ordem de soltura foram condenados por envolvimento com a máfia do jogo no Rio e foram presos em 13 de março. Durante o processo, todos os condenados negaram as acusações.
Ailton Guimarães Jorge, Antonio Petrus Kalil e Aniz Abraão David foram condenados a 48 anos de reclusão. Júlio César Sobreira, sobrinho do Capitão Guimarães, foi condenado a 18 anos. Os demais envolvidos no esquema foram condenados a penas que variam de 40 a 2 anos de reclusão.

Fonte: Folha de S. Paulo

Comentários

Questão