Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Ministério da Saúde "desmente" Caiado e nega centralização de vacinas adquiridas por estados

Em entrevista ao Datena na Rádio Bandeirantes, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, criticou o plano de vacinação anunciado por João Doria: "O que estamos assistindo em São Paulo é de uma irresponsabilidade ímpar"
O incomodo causado por João Doria teve mais um episódio nesta sexta feira. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, havia dito a tarde que o governo federal iria editar uma medida provisória para "requisitar" todas as vacinas produzidas ou importadas no país. 
Ronaldo Caiado fez a afirmação após se encontrar com o ministro Pazuello e, disse ter ouvido isso do próprio ministro.  Mais cedo, o governador João Doria respondeu as declarações de Caiado afirmando que "a insanidade de Bolsonaro foi adotada por Caiado."
Fonte: Ministério da Saúde nega centralização de vacinas adquiridas por estados / Twitter




Comentários

Questão