ARRECADAÇÃO AUMENTA | RENDA DO TRABALHADOR CAI

No #MorningCall desta segunda-feira, Gabriela Lisbôa conversa com Anna Reis, economista da Gap Asset sobre a expectativa para o andamento da Reforma Tributária, que deve incluir a nova CPMF, o novo imposto digital, e o Pacto Federativo.  Nas manchetes do dia, o aumento da arrecadação por conta do ICMS, enquanto a renda a renda do trabalhador caiu 25% durante a pandemia, o que ajuda a fechar essa conta é o auxílio emergencial. A campanha começou oficialmente e o presidente Jair Bolsonaro, que prometeu ficar de fora, acenou para o candidato Celso Russomanno, em São Paulo, o que pode não agradar o Congresso e dificultar a aprovação das reformas.
Inscreva-se no nosso canal: https://www.youtube.com/channel/UCy0BAkpw22or4oxo0RFCzcw

Brasil tem manifestações a favor e contra Bolsonaro no Rio, SP e Brasília

O governo Jair Bolsonaro foi alvo neste domingo, 31, de manifestações de apoio e de protesto. Em Brasília, como tem ocorrido com frequência nos últimos domingos, centenas de pessoas, a maioria vestida de verde e amarelo, fizeram ato a favor do presidente. Em São Paulo, houve um protesto liderado por torcidas organizadas de times de futebol contra Bolsonaro. No Rio de Janeiro, houve manifestações contra e a favor simultaneamente e no mesmo local, em Copacabana.
Em Brasília, o presidente, mais uma vez, participou do ato, sem máscara – em meio à pandemia do coronavírus – e cumprimentou manifestantes com acenos e apertos de mão. Antes, sobrevoou o local de helicóptero do governo, como já havia feito no domingo anterior. Depois, pediu para montar um cavalo da Polícia Militar que fazia a segurança do evento e cavalgou por um trecho, ovacionado pelos manifestantes.

Como em outros atos desse tipo na capital federal, as principais faixas traziam críticas ao Supremo Tribunal Federal, que conduz um inquérito sobre fake news que chegou a vários políticos, ativistas e empresários ligados ao bolsonarismo. Também havia ataques ao Congresso e pedidos de intervenção militar.

Em São Paulo, centenas de manifestantes – a maioria ligada à torcidas organizadas do Corinthians – fizeram um ato na Avenida Paulista, vestidos de pretos, com gritos pela democracia e contra a ditadura e o fascismo. O Corinthians tem uma ligação história com a democracia, em razão do movimento liderado na década de 1980 por jogadores como Sócrates e Casagrande durante a ditadura militar e que foi lembrado no ato.
Fonte:Brasil tem manifestações a favor e contra Bolsonaro no Rio, SP e Brasília ‹ VEJA ‹ Reader — WordPress.com

Capa do jornal O Globo 31/05/2020

Comentários