Secretários de Saúde veem fracasso de Bolsonaro e Pazuello e também querem impeachment

Secretários estaduais de Saúde consideram que sucessivos vexames de Bolsonaro e Pazuello com as vacinas levaram a situação ao limite do suportável. Alguns gestores já apoiam pedido de impeachment do ocupante do Planalto.  Secretários de Saúde dizem ter chegado ao limite a paciência com o ministro Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro. Alguns falam que o único caminho daqui para frente é um pedido de impeachment do presidente.  Os gestores estaduais de Saúde não receberam nenhuma comunicação sobre o cancelamento da ida do avião brasileiro à Índia, após o fracasso das negociações feitas pelo próprio presidente com o governo indiano. Os secretários se queixam ainda de que não foram avisados sobre mudança no calendário de vacinação e veem o episódio como um vexame e um fracasso nacional.  Segundo o Painel da Folha de S.Paulo , gestores estaduais afirmam que o governo e o ministério estão completamente perdidos. Alguns deles só veem como solução para a tragédia sanitária o impeachment do presid

Reinaldo

Marconi Perillo reage a "Disney de corruptos"

Oito meses depois de Ronaldo Caiado assumir o governo do estado de Goiás, o tucano Marconi Perillo resolveu dar uma resposta as constantes insinuações do mandatário atual. A situação financeira deixada pela gestão do PSDB é caótica, segundo Caiado que sempre que tem oportunidade acusa Perillo de ter saqueado os cofres do estado.

Cansado de ouvir as insinuações calado, Marconi Perillo decidiu se defender atacando a gestão do Democrata. No Povoado do Muquém, Caiado disse que não tem como investir porque o ex-governador deixou um rombo bilionário. 
Por sua vez, Marconi afirma que a população de Goiás não está vendo um bom funcionamento da máquina pública porque está faltando gestão por parte daqueles que estão a frente do governo. Para o tucano, Caiado precisa descer do palanque e começar a governar porque foi pra isso que ele foi eleito.
Essa é uma briga que ninguém é capaz de apontar quem tem razão ou se os dois merecem crédito naquilo que afirmam, uma vez que pouca coisa está funcionando a contento na atual gestão. Não funciona porque a gestão passada assaltou os cofres públicos ou não funciona porque falta competência ao atual comandante do estado? Perguntas pertinentes e que não tem como cravar 100% quem tem razão.

Comentários

Questão