Juliette não esperava repercussão mas se divertiu com o pedido de tradução do Pokemón da Nintendo

Juliette colocou um ponto final no mistério e divulgou em Live no Instagram nesta quinta-feira (3) as datas e as cidades que devem receber os primeiros cinco shows de sua turnê, 'Caminhos' . As cidades escolhidas são do Nordeste e Sudeste do país, e já acontecem ainda neste de março. O local escolhido para o primeiro show, aquele que marca a estréia dela nos palcos acontece na cidade em que reside, o Rio de Janeiro, no dia 26 deste mês. João Pessoa, capital do estado natal de Juliette, Paraíba, também faz parte da rota da turnê no início de abril. Vitória, no Espírito Santo, e Recife, também terão shows da cantora. Muito se perguntou nas redes sociais após a divulgação sobre Campina Grande, apesar de Juliette não ter falado sobre isso, acreditamos que a Pitica deve estar reservando a cidade e o Parque do Povo para realizar o sonho de cantar no maior São João do mundo em Junho. Nas redes sociais, a paraibana celebrou o novo desafio, e convidou os fãs a conhecerem este “novo cami

Reinaldo

Ele já foi taxado de "Novo Neymar" para muitos ainda é apenas uma promessa! Neilton chega ao Inter para reaver o próprio status

Quando surgiu com a camisa do Santos FC, Neilton tinha um estilo muito parecido com o astro do PSG, logo adotou cabelos espalhafatosos e uma marra que lembrava muito o camisa 10 da seleção. Visto como uma joia no infinito celeiro de craques da Vila Belmiro, o garoto-promessa se perdeu nas comparações e não conseguiu levar para dentro nada além da modinha criada por Neymar fora dele. 
O futebol é dinâmico e na roda viva que gira intensamente, Neilton deixou o gigante paulista para assumir a camisa 7 de outro gigante. O Cruzeiro. 
Naufragou nas minguadas oportunidades que teve e acabou se transferindo para o Botafogo do Rio para de novo ser apenas uma sombra daquele craque promissor que surgiu na base santista. A ida para o Vitória da Bahia era entendida como uma nova chance na carreira, um clube grande da Boa Terra, mas num outro patamar quando comparado aos clubes do eixo Rio-São Paulo. 
Menos pressão e o sonho de reencontrar os melhores dias do seu futebol. Fez algum sucesso, mas não pode evitar o rebaixamento dos baianos para série B. A chegada ao Internacional não pode ser vista apenas como uma chance para brilhar no cenário do futebol brasileiro, ela tem que ser encarada como a chance da sua vida, afinal de contas o Internacional é um doa maiores clubes do mundo e vai estar presente nas mais importantes competições do calendário sul americano, é preciso agarrar a chance que lhe esta sendo ofertada para enfim deixar de ser apenas uma eterna promessa.

Comentários

Questão