Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Depois do relatório do COAF que cita família Bolsonaro, a biografia de Sérgio Moro corre risco real de ir para o lixo

Onyx Lorenzoni, futuro chefe da Casa Civil no governo Bolsonaro, se irritou com uma pergunta sobre de onde vinha vinha o R$1,2 mi do segurança do senador eleito Flávio Bolsonaro, investigado pela Coaf. Exaltado, Lorenzoni questionou o salário de um repórter e abandonou a coletiva de imprensa, que aconteceu durante evento do Lide.
Sérgio Moro comandará órgão que descobriu repasse para Michelle Bolsonaro. Vai valer a Lei Onyx? 
Relatório do Coaf cita mulher de Bolsonaro como beneficiária de dinheiro suspeito. Flávio Bolsonaro empregou em seu gabinete família de ex-assessor citado pelo Coaf.

Comentários

Questão