Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Pelo jeito a biografia de Sérgio Moro já foi pro saco! Jair Bolsonaro confirma mais um investigado como ministro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou hoje (20), na sua conta do Twitter, que o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), de 53 anos, vai assumir o Ministério da Saúde a partir de janeiro de 2019. Ortopedista pediátrico, Mandetta não se candidatou à reeleição, portanto estará sem mandato no próximo ano. Investigado por fraude em licitação, tráfico de influência e caixa dois, Luiz Henrique Mandetta é confirmado por Bolsonaro como futuro ministro da Saúde, o suspeito, digo ministro, vai comandar o segundo maior orçamento da esplanada dos ministérios. Sérgio Moro disse em entrevista que não colocaria sua biografia em risco participando de um governo com integrantes envolvidos em ilícitos. Pelo jeito ele terá que conviver e se adaptar numa esplanada repleta de pessoas denunciadas e investigadas.

via Bolsonaro confirma Luiz Henrique Mandetta como futuro ministro da Saúde — EXAME


Comentários

Questão