Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

Se houver provas, acabou para Dilma: DELAÇÃO DEvastadora de MÔNICA MOURA NA LAVA JATO | Tribuna do Rei


Delação premiada dos marqueteiros João Santana e Monica Moura para lava jato.

Assim como vem ocorrendo com as delações que citam o ex-presidente Lula, agora a lama começa a subir para Dilma Rousseff, a acusadora Mônica Moura fala com segurança e propriedade de ações ilícitas as quais estão envolvidas grandes figuras da República. Marta Suplicy que abandonou o barco petista quando a casa começou a cair, se vê agora bastante enrolada na delação da marqueteira do PT, da mesma forma a Senadora Gleisi Hoffmann com seu belo narizinho arrebitado terá muito o que explicar caso as provas do que afirmou a delatora venham a tona neste mar de lama.
O Brasil se vê as voltas com denuncias graves, enquanto os integrantes do Ministério Público e do Poder Judiciário perdem tempo se atacando mutuamente, numa clara intenção de desviar o foco das acusações que por si só são gravíssimas. Mônica Moura e seu marido João Santana devem ter provas cabais que podem complicar a situação de Lula, Dilma, Gleisi, Marta, Lindberg e... 

Comentários

Questão