Bolsonaro diz que foi muito bem na crise: Imprensa mostra falhas em medidas do Governo Federal para combater crise em Manaus

Com hospitais em estado crítico, Manaus sofreu nos últimos dias por falta de oxigênio para atender aos seus internados pela Covid-19. Em declaração nesta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que sua gestão fez todo o possível para controlar a situação na cidade.  Reportagens, porém, apresentam uma série de decisões do Governo Federal que teriam sido ineficientes ou potencializado a crise na capital amazonense. Políticos da oposição também fizeram críticas à condução de Bolsonaro.  Fonte: Imprensa mostra falhas em medidas do Governo Federal para combater crise em Manaus /  Twitter

Reinaldo

Família Batista dona da JBS-Friboi negocia delação premiada com o Ministério Público Federal – Eu Digo Sempre

A notícia cai como uma bomba e de acordo com as informações publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo, pelo menos duas reuniões já foram realizadas entre representantes da companhia e procuradores do MPF. A empresa já teria, inclusive, feito contato com o advogado Luciano Feldens – especialista em delações premiadas e responsável pelo acordo do tipo feito por Marcelo Odebrecht , ex-presidente da empreiteira que leva o nome de sua família.
 



A holding brasileira J&F Participações, proprietária da empresa JBS, iniciou as tratativas com o MPF (Ministério Público Federal) para negociar o fechamento de acordos de leniência e de delação premiada. 

As informações foram publicadas neste domingo pelo jornal “ Folha de S.Paulo ”. A JBS é proprietária de marcas como Friboi, Seara e Swift.

A JBS foi alvo de diversas operações deflagradas pela Polícia Federal no último ano, com conduções coercitivas, medidas cautelares e afastamento de dirigentes, o que pode prejudicar a atuação da empresa no mercado nacional, dificultando investimentos e até inviabilizando a tomada de crédito em instituições nacionais e internacionais. 

Operação Bullish 

Na sexta-feira a Polícia Federal deflagrou a operação Bullish, cujo objetivo é investigar irregularidades e fraudes em empréstimos concedidos pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A proprietária da Friboi teria sido beneficiada com pelo menos R$ 8,1 bilhões em operações irregulares, que teriam sido realizadas entre os anos de 2007 e 2011 – durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT. 

As operações teriam sido feitas pela subsidiária BNDESPar (BNDES Participações S/A), braço do banco voltado para a participação acionária em outras empresas. De acordo com a PF, as transações teriam sido feitas sem as garantias e sem a exigência de prêmio contratualmente previsto, o que teria gerado prejuízos de cerca de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos. 

Por meio de nota, a empresa refutou as acusações e diz que “sempre pautou seu relacionamento com bancos públicos e privados de maneira profissional e transparente. Todo o investimento do BNDES na companhia foi feito por meio da BNDESPar, seu braço de participações, obedecendo às regras de mercado e dentro de todas as formalidades. Esses investimentos ocorreram sob o crivo da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e em consonância com a legislação vigente. Não houve favor algum à empresa”

Carne Fraca 

 Em março, foi deflagrada a Operação Carne Fraca, que apurou irregularidades cometidas por 21 frigoríficos brasileiros. No dia 24 de março, o juiz responsável pela operação, Marcos Josegrei, da Justiça Federal do Paraná, afirmou que as investigações têm como objetivo o esclarecimento de crimes contra a administração pública , e não a qualidade dos alimentos produzidos pela JBS e pelas demais empresas envolvidas. 


 Fonte: Último Segundo

Comentários

Questão