Relatório do governo lista jornalistas e influenciadores que apoiam ou criticam Bolsonaro

O primeiro grupo é o mais numeroso, com 51 nomes. Os "favoráveis" da lista são 23. E os "neutros informativos", oito. A conta fecha em 82, e não 78, porque há um nome repetido num mesmo campo. Outros três nomes estão repetidos em dois campos. Do total, 44 são jornalistas. Cada nome é acompanhado de um comentário sobre o que a pessoa tem escrito nas redes sociais a respeito do governo e em especial de Paulo Guedes. Em oito casos, há o telefone celular do jornalista. Uma empresa de comunicação contratada pelo governo federal orienta como o órgão deveria lidar com um grupo de 81 jornalistas e "outros formadores de opinião" considerados influenciadores em redes sociais. A medida a ser tomada varia: "o monitoramento preventivo das publicações da influenciadora", o "envio de esclarecimentos para eventuais equívocos que ele publicar" ou mesmo "propor parceria para divulgar ações da Pasta". -------------------------

Reinaldo

PT denuncia espionagem do governo Temer contra Lula | @Reinaldo_Cruz | Blog by Goiânia

wpid-wp-1400599787601.jpegSegundo o jornal "Folha de S.Paulo", "o Planalto recebeu informações de serviços de Inteligência sobre encontros recorrentes entre o ex-presidente Lula e Guilherme Boulos, líder do MTST, além da relação das reuniões com manifestações contra o presidente interino Michel Temer"

 Para o deputado Adelmo Leão (PT-MG), autor do pedido de informação aprovada pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, "este monitoramento desvirtua a missão constitucional do órgão de Estado, que age com função político-partidária"

"Isso é extensão do golpe que se aplicou no Brasil, no Estado democrático de Direito", acrescenta. 


Leia mais... PT denuncia espionagem do governo contra Lula - Notícias - UOL Notícias

Comentários

Questão