O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

Noemi Jaffe questiona conceito de 'começo'

"As coisas estão em permanente processo até que alguém apareça e nomeie um ponto das coisas como começo". Assim, a autora e crítica literária Noemi Jaffe questiona o conceito de "começo" em sua mais recente publicação, o "Livro dos Começos".

Coincidentemente, a obra foi a última impressão da editora Cosac Naify, que encerrou suas atividades no ano passado.

Em entrevista ao vivo à "TV Folha" nesta sexta-feira (29), a autora falou sobre "o estado de espera" que muito vivem ---boa parte como consequência da internet e da velocidade das informações. "Há uma constante sensação de que estamos perdendo algo", disse.

A autora também falou sobre suas demais obras, sobre as aulas que ministra e a participação no boicote virtual à publicação de 'Minha Luta', de Hitler.

A mesa foi comandada pelo colunista da Folha J. P. Cuenca e contou com a editora-assistente da "Ilustrada" Juliana Cunha.


Comentários

Questão