O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

Carismático ídolo de Gana esbanja simpatia e conquista fãs para seleção de Gana em Alagoas

     Conquistar a simpatia da torcida local não é uma tarefa fácil para nenhuma seleção que disputa a Copa do Mundo, ainda mais tendo o Brasil na disputa, até as seleções que contam com brasileiros naturalizados em seus elencos não estão desfrutando do apoio pleno da população nas cidades em que estão treinando.
     A Costa Rica que era vista como um pré-cadáver no grupo da morte, surpreendeu e acabou por se tornar a seleção matadora, tem feito os campeões do Mundo sofrer neste mundial e ao conseguir o feito de mandar a Inglaterra para casa logo na primeira fase, ganhou admiração, respeito e claro a classificação de forma antecipada. A torcida brasileira reconheceu o desempenho brilhante dos Costarriquenhos e já adotou a equipe como segundo time para quem vão torcer.
     Após um início nada animador de Gana, a seleção africana tirou a possibilidade dos 100% da Alemanha na segunda rodada, manteve as chances de classificação e isso foi suficiente para que a torcida do Brasil passasse a prestar mais atenção nos seus craques. Gian e Muntari são os mais festejados por lá, ainda mais depois que Muntari, segundo o Globo Esporte, distribuiu dinheiro em uma comunidade carente.
     Seleções menos cotadas ou tidas como mais fracas acabam por seduzir a torcida local por onde passam, com a Costa Rica foi assim, Gana também vive este sonho e outra seleção que tem recebido atenção de quem aprecia o bom futebol tem sido a do Chile, que é bom que fique claro, de fraca ou menos cotada não tem nada, mas que ganhou a preferência dos brasileiros após despachar os campeões do mundo mais cedo.

Comentários

Questão