O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

Romário adora a confusão @Reinaldo_Cruz @Assuntosadegoias @QBTV2 @QB_7 @Cnn_br @R49_ @Goias_ec @BUG_SPL

Romário viu seu nome ganhar as manchetes nacionais e internacionais na última semana. Mas dessa vez era apenas um xará: Romarinho, de 21 anos, que ganhou notoriedade ao marcar duas vezes para o Corinthians no clássico com o Palmeiras e, três dias depois, garantir o empate contra o Boca Juniors, em La Bombonera, na primeira final da Libertadores.
"Tenho que parabenizar o garoto por esse brilhante início de carreira, marcando gols contra dois grandes rivais. Tem que ver como uma esperança para o futuro do futebol brasileiro. Que ele continue do jeito que vem fazendo. Aproveite as oportunidades, ele é um garoto muito jovem, que ainda tem muito que aprender. Desejo boa sorte", disse Romário.
O jovem atacante inclusive foi confundido com o filho do deputado federal por um jornal português e outro argentino. Apesar dos elogios ao corintiano, Romário não o vê como seu sucessor. "O cara sou eu. E o carinha é o Romarinho, meu filho", disse citando o jogador da base do Vasco e que fará testes no Barcelona B em breve.
Com passagens marcantes por Vasco e Flamengo, o ex-atacante deixa a rivalidade de lado e garante torcida pelo Corinthians no jogo da próxima quarta-feira, no Pacaembu, que pode garantir o primeiro título do torneio continental ao clube paulista.
"Vou torcer pelo Corinthians por dois motivos: Primeiro porque tenho muito respeito pelo clube e sempre gostei da torcida deles. Segundo porque é contra um time da Argentina e temos de ganhar deles em tudo. Acredito que o Corinthians vai conquistar esse título inédito", apostou Romário.

Comentários

Questão