Estados articulam ofensiva para barrar proposta de parcelamento de precatórios

A perda de prestígio e credibilidade do governo leva o ministério da economia a tentar manobra para não repassar de uma vez os precatórios aos estados, e assim evitar que opositores tenham acesso a verba às vésperas do ano eleitoral. Jair Bolsonaro segue sua ofensiva contra a Democracia, instituições e o sistema de votação, ao tempo em que tenta asfixiar financeiramente possíveis adversários no pleito de 2022. A matéria do Estadão retrata este cenário: Os Estados se mobilizam numa ofensiva no Congresso para evitar o parcelamento dos precatórios devidos pela União, medida defendida pela equipe econômica para garantir a ampliação do programa Bolsa Família no ano que vem. Dos R$ 89 bilhões em dívidas judiciais previstos para o Orçamento de 2022, pelo menos R$ 16,6 bilhões têm governos estaduais como credores. Para os Estados, a PEC dos precatórios e o projeto que altera o Imposto de Renda são duas frentes lançadas pelo governo federal que fragilizam as contas dos governos regionais, com p

Reinaldo

Real Madrid bate Sevilla e seca Barça para ser campeão hoje @Reinaldo_Cruz @QB_7 @assuntosdegoias

Na última semana, os dois gigantes da Espanha foram eliminados na  semifinal da Liga dos Campeões. Na terça, o Barça empatou em 2  a 2 com o Chelsea e ficou fora da final do dia 19 de maio. Já o  Real caiu nos pênaltis para o Bayern de Munique, um dia depois.
Na sexta, Guardiola anunciou que não treinará o clube catalão na próxima temporada e que seu auxiliar, Tito Vilanova, será o  comandante de Lionel Messi & cia. Sem a Champions e  praticamente sem chances no Espanhol, a última oportunidade para o Barça ser campeão na temporada é a Copa do Rei contra o Athletic Bilbao, dia 25 de maio, no estádio Vicente Calderón.
O Real Madrid fez sua parte e pode ser campeão neste domingo. O time de José Mourinho venceu o Sevilla por 3 a 0 no Santiago Bernabéu, com gols de Cristiano Ronaldo e Benzema (dois), pela 36ª rodada, e agora tem que secar o Barcelona para garantir o título do Campeonato Espanhol por antecipação. Em festa, a torcida merengue deixou o estádio cantando "Campeones, campeones, oé, oé, oé". Os merengues lideram com 91 pontos, dez a mais que o Barça, faltando três jogos (a 20ª rodada será disputada em 2 de maio).
 Se a equipe de Pep Guardiola for derrotada pelo Rayo Vallecano neste domingo, às 16h30m (de Brasília), fora de casa, a taça é do Real. Um empate entre Barça e Rayo não garante o título para a equipe merengue porque a diferença ficaria em nove pontos e o clube catalão leva vantagem no confronto direto (vitória de 3 a 1 e derrota de 2 a 1), que é o critério de desempate.

Comentários

Questão