O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

A Tribuna do Rei com @Reinaldo_Cruz #ASBUG @Copaflavios @copa_aespl #VINODOESPORTE

Bombinha e Roni marcam duas vezes e Vila Nova fica no empate com ABC Resultado de 2 a 2 mantém os potiguares invictos na Série B do Brasileirão e teve sabor de derrota para o time goiano que vencia até os 47 do segundo tempo. O Vila Nova não passou de um empate com o ABC e, por muito pouco, não saiu com a vitória. O time de Eron Ferreira vencia no Serra Dourada até os 47 do segundo tempo, quando Bombinha resolveu detonar a vitória do Vila. Bombinha anotou os dois tentos da equipe potiguar e Roni fez os gols do colorado. Com o resultado, o ABC chegou a dez pontos e terminou a rodada no sexto lugar e se manteve invicto. O Vila agora tem oito pontos e aparece na décima posição. Lidera a Série B a equipe da Ponte Preta, que tem 13 pontos ganhos. O Vila Nova visita na próxima rodada o Asa de Arapiraca. Já o ABC mede forças com o Náutico, em Natal. As equipes goianas precisam reagir e rápido na competição que só está começando, mas tamanha perda de pontos neste inicio pode fazer uma falta tremenda lá frente. O Goiás conseguiu a proeza de perder três jogos consecutivos e despencar na tabela. O sonho do acesso pode se transformar em breve em pesadelo para fugir da série C nacional. Se nossos dirigentes não acordarem é isso que pode acontecer tanto com Vila Nova, quanto com o Goiás que fazem campanhas pífias e semelhantes até aqui. Reforços de peso e qualidade têm que chegar logo.

Comentários

Questão