Relatório do governo lista jornalistas e influenciadores que apoiam ou criticam Bolsonaro

O primeiro grupo é o mais numeroso, com 51 nomes. Os "favoráveis" da lista são 23. E os "neutros informativos", oito. A conta fecha em 82, e não 78, porque há um nome repetido num mesmo campo. Outros três nomes estão repetidos em dois campos. Do total, 44 são jornalistas. Cada nome é acompanhado de um comentário sobre o que a pessoa tem escrito nas redes sociais a respeito do governo e em especial de Paulo Guedes. Em oito casos, há o telefone celular do jornalista. Uma empresa de comunicação contratada pelo governo federal orienta como o órgão deveria lidar com um grupo de 81 jornalistas e "outros formadores de opinião" considerados influenciadores em redes sociais. A medida a ser tomada varia: "o monitoramento preventivo das publicações da influenciadora", o "envio de esclarecimentos para eventuais equívocos que ele publicar" ou mesmo "propor parceria para divulgar ações da Pasta". -------------------------

Reinaldo

PATO e GANSO estão na lista @Reinaldo_Cruz #ASBUG #REINALDOCRUZPRESIDENTE

Dos jogadores chamados para os jogos contra a Holanda e a Romênia, Mano Menezes cortou os goleiros Fábio e Jefferson, os meias Henrique, Anderson e Thiago Neves e os atacantes Leandro Damião e Nilmar. - Não cortamos ninguém. Convoquei 22. Mas lógico que a conversa é individualizada. Olho no olho como eu gosto. E o limitador dos 22 para a Copa América não exclui ninguém da nossa trajetória que é muito maior. Não quer dizer que lá na frente eles não vão ter novas oportunidades na Seleção - disse Mano Menezes. http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSQWGgkd_XUHe2N_w-ewGZU7bVdbGuHc_w5bsjkQWSCOC3vYkrI Apesar da lista de convocados ter sido divulgada nesta terça-feira, dia 7, em São Paulo, a CBF terá até o dia 27 de junho para enviar os nomes dos atletas que participarão da Copa América à Conmebol. Caso tenha problemas médicos na primeira semana de treinos na Argentina, Mano Menezes pode mudar a lista dos 22 jogadores chamados para o torneio continental. O treinador esperou por Pato e Ganso até o último minuto. A decisão de convocar ou não os atletas foi tomada nesta terça-feira, após conversar com o departamento médico da Seleção Brasileira, do Santos e com os profissionais que cuidaram a recuperação do atacante do Milan. - (Ganso e Pato foram chamados) Pelo o que penso do potencial dos dois. O Pato tem uma trajetória maior na Seleção, esteve com a gente em vários jogos e fez gols. O Ganso só jogou uma partida comigo na minha estreia contra os Estados Unidos e sempre deixei claro que ele é um jogador bem completo para armar o time como eu penso. O Santos fez um planejamento para ele jogar na segunda partida da final da Libertadores (dia 22). Para ele jogar esta partida já terá dez dias de trabalho forte. E a nossa estreia na Copa América é só no dia 3 de junho. Então há tempo. Nos cercamos de todas as informações sobre o Pato e o Ganso para decidir - disse Mano Menezes. Os jogadores vão se apresentar no dia 20 de junho no Rio de Janeiro e iniciar os exames médicos. No dia seguinte, o grupo vai embarcar para a Argentina. A delegação ficará hospedada no Hotel Sofitel La Reserva Cardales, que fica a 60km de Buenos Aires. O time canarinho está no Grupo B ao lado de Venezuela, Paraguai e Equador. A estreia será justamente contra os venezuelanos, no dia 3 de julho, em La Plata. As partidas seguintes vão acontecer em Córdoba, diante dos paraguaios, no dia 9, e equatorianos, no dia 13. Goleiros Julio César (Inter de Milão) Victor (Grêmio) Laterais Daniel Alves (Barcelona) Maicon (Inter de Milão) André Santos (Fenerbahçe) Adriano (Barcelona) Zagueiros Lúcio (Inter de Milão) David Luiz (Chelsea) Luisão (Benfica) Thiago Silva (Milan) Volantes Ramires (Chelsea) Lucas Leiva (Liverpool) Sandro (Tottenham) Meias Elano (Santos) Elias (Atlético de Madri) Paulo Henrique Ganso (Santos) Jadson (Shakhtar Donetsk) Lucas (São Paulo) Atacantes Neymar (Santos) Robinho (Milan) Fred (Fluminense) Alexandre Pato (Milan)

Comentários

Questão