Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

Saída de Faustão da Globo leva Luciano Huck a cogitar desistir da Presidência da República em 2022

Em mais um desdobramento da inesperada saída de Faustão da Globo, Luciano Huck já tem sinalizado para amigos próximos que pensa em desistir de disputar as próximas eleições se a emissora lhe promover para a programação dominical. A informação, publicada pela revista Veja, é a de que ele cogita adiar a sua possível candidatura ao cargo de presidente da República para 2026, em um eventual cenário sem aliados de Jair Bolsonaro.
De acordo com a publicação, “amigos de Luciano Huck dizem que a possibilidade de virar o novo dono dos domingos da Globo provocou uma trinca na sólida convicção política” do apresentador, que passaria a ver com bons olhos a possibilidade de postergar mais uma vez o seu sonho político para um momento em que a disputa pelo cargo tão sonhado por ele estiver menos embolada.
“Huck, com muito mais dinheiro no bolso, mais velho e sem a turma de Jair Bolsonaro pela frente, poderia disputar em 2026? As teorias começaram a proliferar nos corredores da emissora”, revelou a revista Veja. Até o anúncio de que Fausto Silva deixaria a Globo no final do ano, o apresentador aparentava estar convencido de pedir desligamento da emissora no final do primeiro semestre, para que pudesse se dedicar exclusivamente ao universo político e ao seu sonho de alcançar a presidência da República.
A diretoria da rede, porém, não tem pressa para definir quem ocupará o espaço do Domingão do Faustão. Nos bastidores, ganha força a teoria de que o espaço atualmente ocupado pela atração será dividido entre vários programas e apresentadores, minimizando os custos e maximizando os lucros, como manda a atual filosofia da empresa — o planejamento, porém, estava sendo feito contando justamente com um eventual pedido de demissão do titular do Caldeirão do Huck. A sua indecisão é um fator novo, que certamente provocará mudanças no tabuleiro.
Fonte:Luciano Huck cogita desistir de candidatura em 2022 - TV Pop


Comentários

Questão