Por amor a Maradona: TIMES ARGENTINOS FAZEM 'PACTO' PARA VENCER A LIBERTADORES DA AMÉRICA

Em meio ao tributo a Diego Maradona no futebol argentino neste fim de semana, dirigentes de Racing, Boca Juniors e River Plate trocaram mensagens combinando um esforço coletivo para conquistar a Libertadores da América deste ano. Para o trio, esta será a melhor homenagem possível à memória do maior jogador da história do país. O que Racing, Boca e River sonham mesmo é com a repetição da final de 2018, quando River e Boca decidiram a Libertadores e o clube de Núñez levou a melhor. Os três entendem que uma eventual finalíssima argentina em 30 de janeiro no Maracanã seria especialmente lucrativa pelas inevitáveis menções a Maradona, ajudando a reforçar seus cofres, cada vez mais combalidos. Pelo que demonstrou, a Conmebol tampouco torceria o nariz à decisão "100% argentina e maradoniana". A entidade se referiu a Diego na semana passada como o maior jogador de todos os tempos, incomodando a CBF . Conhecendo o impacto da figura de Maradona nos gramados argentinos, a pressão dirige

Reinaldo

Assessoras fantasmas de Flávio Bolsonaro recebiam 'mesada' entre R$ 300 e R$ 1,9 mil, segundo MP

Conversamos com Leandro Fortes sobre a notícia de que o MP denunciou Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz pelo esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
No depoimento que Luiza Sousa Paes, ex-assessora do senador Flávio Bolsonaro, prestou ao Ministério Público do Rio ela admitiu que devolvia mais de 90% de seu salário e ficava com apenas R$ 700 todos os meses do esquema ilegal no gabinete do "01" na Assembleia Legislativa do Rio. A denúncia contra Flávio e Fabrício Queiroz, obtida pelo GLOBO, expõe outras funcionárias em situações similares, constatadas através de quebras de sigilo bancário e outras diligências. 
A própria Luiza afirmou aos investigadores que assessoras lotadas com ela também eram “fantasmas”. A partir do cruzamento de dados bancários, a promotoria identificou variações do que foi considerado como uma "mesada" retida por elas antes da devolução dos salários, com valores entre R$ 300 e R$ 1,9 mil. 
Uma das mulheres denunciadas chegou a fazer uma anotação, encontrada em um extrato apreendido, em comemoração à ampliação da parcela não repassada a Queiroz. As defesas de Flávio e Queiroz negam as práticas irregulares apontadas pelo MP.
Fonte:Assessoras fantasmas de Flávio Bolsonaro recebiam 'mesada' entre R$ 300 e R$ 1,9 mil, segundo MP - Jornal O Globo

Comentários

Questão