O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

O custo do aumento da popularidade de Jair Bolsonaro

Os colunistas Lauro Jardim e Fernando Gabeira analisam a elevação da popularidade do governo, impulsionada pela concessão do auxílio emergencial. Na última pesquisa Datafolha, 37% dos entrevistados avaliaram a gestão de Jair Bolsonaro como boa ou ótima, apesar das mais de 100 mil mortes por Covid-19 e das suspeitas envolvendo o caso Queiroz. 
Na avaliação dos colunistas, a política econômica do governo vai mudar e a situação do ministro da Economia, Paulo Guedes, nunca esteve tão frágil. Mesmo assim, ele se movimenta para ficar no cargo. 
Lauro e Gabeira também comentam o caso da menina de 10 anos, que ficou grávida após ser estuprada pelo tio. Na opinião deles, a reação ao episódio indica a força do conservadorismo no Brasil.
 

Comentários

Questão