O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

'Entendeu errado', diz Flávio Bolsonaro sobre Paulo Marinho em caso de vazamento de informações da PF

Flávio Bolsonaro, senador e filho do presidente, prestou depoimento ao Ministério Público Federal no dia 7 de julho sobre o caso de suspeita de vazamento de informações da Operação Furna da Onça da Polícia Federal. Ele é investigado por um suposto esquema de 'rachadinhas' em seu gabinete da Alerj e, segundo Paulo Marinho, teria recebido informações sobre as investigações. Videos do depoimento de Flávio foram obtidos pela repórter Camila Bomfim, da Globo. O senador ainda não se manifestou.
A jornalista da Globo teceu no Twitter alguns comentários pontuais sobre o depoimento:

Camila Bonfim: "No depoimento, gravado em vídeo, o senador Flávio Bolsonaro se irrita quando instado a ver o depoimento em vídeo de Paulo Marinho. “Vou ter que ficar ouvindo isso aqui cinco horas não vou aguentar com todo o respeito doutor”, diz ao procurador do MPF-RJ".

Camila Bonfim: "Flávio admite ter procurado o empresário Paulo Marinho pra conseguir um adv após as repercussões em torno de Queiroz, seu ex-assessor: “a imprensa atirando pedra em mim, eu tinha que me defender, eu tinha que buscar”

Camila Bonfim: “Entendeu errado” . Sobre a acusação de Paulo Marinho, de que Flávio soube antes da Operação Furna da Onça: “Ele certamente ouviu uma coisa e entendeu errado....
Nunca ouvi de reunião que aconteceu na porta da Polícia Federal pra isso”
Fonte:'Entendeu errado', diz Flávio Bolsonaro de Paulo Marinho em caso de vazamento de informações / Twitter

Comentários

Questão