Estados articulam ofensiva para barrar proposta de parcelamento de precatórios

A perda de prestígio e credibilidade do governo leva o ministério da economia a tentar manobra para não repassar de uma vez os precatórios aos estados, e assim evitar que opositores tenham acesso a verba às vésperas do ano eleitoral. Jair Bolsonaro segue sua ofensiva contra a Democracia, instituições e o sistema de votação, ao tempo em que tenta asfixiar financeiramente possíveis adversários no pleito de 2022. A matéria do Estadão retrata este cenário: Os Estados se mobilizam numa ofensiva no Congresso para evitar o parcelamento dos precatórios devidos pela União, medida defendida pela equipe econômica para garantir a ampliação do programa Bolsa Família no ano que vem. Dos R$ 89 bilhões em dívidas judiciais previstos para o Orçamento de 2022, pelo menos R$ 16,6 bilhões têm governos estaduais como credores. Para os Estados, a PEC dos precatórios e o projeto que altera o Imposto de Renda são duas frentes lançadas pelo governo federal que fragilizam as contas dos governos regionais, com p

Reinaldo

SBT BATE JORNAL NACIONAL NO RIO E BOLSONARO IRONIZA GLOBO NO 36º TÍTULO CARIOCA. DO FLAMENGO


Muita gente não compreendeu o quanto é complexa a briga entre Fla/ Bolsonaro x Rede Globo. O clube carioca obteve alguns triunfos fugazes que parecem muito maiores do que realmente foram, pois no apagar das luzes o rubronegro até amenizou o prejuízo do estadual e ainda fechou o primeiro semestre perdendo muito dinheiro.
O superdimensionamento do que foi o Fla Flu da última quarta feira passa pelo share que mede a audiência da programação, sim, o SBT venceu a Globo no horário do Jornal Nacional, mas os intrépidos jornalistas omitem o dado que isso só aconteceu no Rio de Janeiro e não em todo o país.
A ida ou não de Jorge Jesus para o Benfica ainda esta cercada de mistério. O fato novo nesta questão é que a disputa entre os clubes passa pelo desejo de consagração de JJ no mundo da bola.
Enquanto o Flamengo acredita que ele vai ficar porque em lugar nenhum do mundo ele poderia ter o reconhecimento que o clube lhe proporciona, os patrícios pregam exatamente a mesma coisa com um ingrediente a mais; o fato de poder ser reverenciado no seu país, junto ao seu povo e com chances reais de disputar e fazer um bom papel com os encarnados na Champions League, uma obsessão do treinador que já esta em idade avançada.
Resumindo, o Benfica aposta que Jesus vai para Lisboa para aproveitar sua última chance de brilhar na Europa.  


"A noite de quarta-feira foi quase perfeita para o rubro-negro: mais um título carioca, outra vitória em cima do Fluminense, audiência alta para o SBT, que bateu o Jornal Nacional pela primeira vez desde 2015... mas, faltou o "fico" de Jorge Jesus, que segue misterioso."

Comentários

Questão