Juliette realiza o sonho da casa própria para os quatro irmãos e plano de saúde para toda família

Ainda confinada no BBB, Juliette revelou como pretendia usar o prêmio milionário, caso vencesse o reality: 'Primeiramente, para a cirurgia que minha mainha precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular', contou a advogada e maquiadora que desde sempre era favorita a ganhar 1 milhão e meio. Juliette virou a caçula da casa após a morte da irmã mais nova, Juliene, aos 17 anos. Eles são Washington, de 38 anos, Lourival Junior, de 43, Otto, de 42, e José Valdelino, de 35, irmãos da Pitica por parte de pai.    https://youtu.be/mJ68w-0k2_c    #EPJuliette, #Bença, #Doce, #DiferençaMara, #Vixequegostoso, #Benzim, #SeiLa #JulietteFreire, #juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #JulietteNoHugoGloss, #BBB21, #TeamJuliette, #JuliettenaSAMSUNG, #JuliettenaSeara #TemporadaJulietteNoTVZ, #JuliettenaEstacio, #jul

Reinaldo

EU SOU A CONSTITUIÇÃO, DIZ BOLSONARO UM DIA APÓS PARTICIPAR DE ATO PRÓ-GOVERNO


Um dia após se juntar a um ato em defesa de um golpe de estado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rebateu críticas e defendeu que o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal) estejam "abertos e transparentes".
"Supremo aberto e transparente. Congresso aberto e transparente. Nós, o povo, estamos no governo", afirmou o mandatário na manhã desta segunda-feira (20) ao deixar o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.
Segundo Bolsonaro, as acusações de que teria manifestado uma postura autoritária ao participar da mobilização de ontem são "provocações baixas e rasteiras" por parte da imprensa.


O presidente participou domingo de ato em Brasília que, entre outras bandeiras, defendia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal. Nesta segunda, Bolsonaro negou que tenha atacado outros poderes. O ministro Alexandre de Moraes, do STF, autorizou a abertura de inquérito pela Procuradoria-Geral da República para investigar se houve violação à Lei de Segurança Nacional por parte dos organizadores das manifestações.

Source: Ministro do STF autoriza investigação de atos que tiveram participação de Bolsonaro / Twitter 

Comentários

Questão