Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

EU SOU A CONSTITUIÇÃO, DIZ BOLSONARO UM DIA APÓS PARTICIPAR DE ATO PRÓ-GOVERNO


Um dia após se juntar a um ato em defesa de um golpe de estado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) rebateu críticas e defendeu que o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal) estejam "abertos e transparentes".
"Supremo aberto e transparente. Congresso aberto e transparente. Nós, o povo, estamos no governo", afirmou o mandatário na manhã desta segunda-feira (20) ao deixar o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.
Segundo Bolsonaro, as acusações de que teria manifestado uma postura autoritária ao participar da mobilização de ontem são "provocações baixas e rasteiras" por parte da imprensa.


O presidente participou domingo de ato em Brasília que, entre outras bandeiras, defendia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal. Nesta segunda, Bolsonaro negou que tenha atacado outros poderes. O ministro Alexandre de Moraes, do STF, autorizou a abertura de inquérito pela Procuradoria-Geral da República para investigar se houve violação à Lei de Segurança Nacional por parte dos organizadores das manifestações.

Source: Ministro do STF autoriza investigação de atos que tiveram participação de Bolsonaro / Twitter 

Comentários

Questão