Morre aos 85 anos, vítima de Covid-19, o ator Tarcísio Meira

Tarcísio Meira, 85, morreu nesta quinta-feira (12) vítima da Covid-19. Ele estava internado na UTI onde passava por diálise contínua. Tarcísio e a esposa, a atriz Glória Menezes, foram internados com a doença provocada pelo coronavírus desde a última sexta-feira (6).  Já sobre Glória Menezes, ela segue internada no apartamento se recuperando bem. Os dois eram casados desde 1962 e pais do também ator Tarcísio Filho, 58 anos. Apesar de vacinados com as duas doses de imunizante contra a Covid-19, a idade dos atores contribuiu para um quadro delicado. 🙏🙏🙏 #MPN, #JulietteFashion, #JulietteCriadora,#juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #juliettenosaiajusta, #JulietteNoHugoGloss, #juliettenofantastico, #juliettenoge, #BBB21, #JulietteProtagonista, #TeamJuliette, #juliettenofaustao, #JuliettenoPorchat, #JuliettenoCriançaEsperança, #J

Reinaldo

Saúde de Queiroz apresentou piora e ele trocou mensagens com deputado do PSL

A imprensa, diante de tantos "problemas", achou o Queiroz. Como as autoridades competentes não conseguiram?
Imagem
Queiroz agora mora no Morumbi, em SP, para facilitar tratamento de câncer, diz revista. Ex-assessor de @FlavioBolsonaro foi flagrado durante ida ao centro de oncologia do Hospital Albert Eistein.
O ex-assessor de Flávio Bolsonaro ficou conhecido no fim de 2018, quando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou movimentações suspeitas em sua conta. A última aparição de Fabrício Queiroz foi no dia 12 de janeiro, quando um vídeo dele dançando em um quarto de hospital foi divulgado na imprensa. Nesta sexta, a 'Veja' publicou uma reportagem mostrando que Queiroz vive em São Paulo e faz tratamento contra um câncer no Hospital Albert Einstein. Segundo a revista, Queiroz não quis dar entrevista.
Queiroz, enfim, encontrado dentro do Albert Einstein. Matéria assinada por Adriana Dias Lopes, Daniel Pereira e Fernando Molica, uma operação São Paulo-Brasília-Rio. Agora que o paradeiro foi descoberto, e a imagem mostra alguém encorpado, que colabore com as investigações.

Comentários

Questão