Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

As gigantes do comércio eletrônico estudam a possibilidade de comprar os Correios

Jair Bolsonaro já deixou bem claro a vontade de privatizar os Correios, empresa detentora do monopólio brasileiro no segmento de correspondências.
A venda da estatal já tem atraído a atenção de gigantes globais como a norte-americana Amazon e a chinesa Alibaba, dona do AliExpress. Segundo a coluna Esplanada, do jornal O Dia, as gigantes do comércio eletrônico discretamente estudam a possibilidade de comprar os Correios.

O interesse se daria por conta da enorme estrutura logística que a estatal dispõe, com rotas e agências de distribuição de alcance em nível nacional. Ainda segundo a nota, existe a possibilidade da Amazon ou Alibaba se unirem a um grande banco nacional para a compra. 

Desse modo, o serviço postal seria aproveitado pelas instituições financeiras enquanto a logística seria de serventia das gigantes internacionais. Ainda não há previsão para o início do processo de privatização dos Correios.

Comentários

Questão