Juliette realiza o sonho da casa própria para os quatro irmãos e plano de saúde para toda família

Ainda confinada no BBB, Juliette revelou como pretendia usar o prêmio milionário, caso vencesse o reality: 'Primeiramente, para a cirurgia que minha mainha precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular', contou a advogada e maquiadora que desde sempre era favorita a ganhar 1 milhão e meio. Juliette virou a caçula da casa após a morte da irmã mais nova, Juliene, aos 17 anos. Eles são Washington, de 38 anos, Lourival Junior, de 43, Otto, de 42, e José Valdelino, de 35, irmãos da Pitica por parte de pai.    https://youtu.be/mJ68w-0k2_c    #EPJuliette, #Bença, #Doce, #DiferençaMara, #Vixequegostoso, #Benzim, #SeiLa #JulietteFreire, #juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #JulietteNoHugoGloss, #BBB21, #TeamJuliette, #JuliettenaSAMSUNG, #JuliettenaSeara #TemporadaJulietteNoTVZ, #JuliettenaEstacio, #jul

Reinaldo

ARTICULAÇÃO POLÍTICA DE BOLSONARO PODE FREAR DESACELERAÇÃO DA ECONOMIA


Na primeira edição do #ConexãoMyNews, Mara Luquet entrevista o economista Luis Eduardo Assis sobre a perspectiva da economia brasileira em 2019. Para o especialista, a única forma de a economia brasileira não descer ladeira abaixo em 2019 é o presidente Jair Bolsonaro começar a “praticar” a chamada articulação política em prol da importante agenda econômica colocada para o país. 
Assis acredita que enquanto Bolsonaro focar em legislar apenas de olho em uma agenda própria e não relacionada aos importantes desafios para a retomada do crescimento do país, a economia tende a caminhar de “lado” com tendência a cair ainda ainda. Haja visto que no início do ano a expectativa era de um crescimento do PIB de 2,5% e seis meses depois já se comemora se crescer 1%. 
Embora o governo tenha tomado medidas paliativas para incentivar o consumo, entre elas a liberação do uso do Fundo de Garantia, para o economista não passa de uma “anestesia” para um povo que precisa passar por uma cirurgia.

Comentários

Questão