Secretários de Saúde veem fracasso de Bolsonaro e Pazuello e também querem impeachment

Secretários estaduais de Saúde consideram que sucessivos vexames de Bolsonaro e Pazuello com as vacinas levaram a situação ao limite do suportável. Alguns gestores já apoiam pedido de impeachment do ocupante do Planalto.  Secretários de Saúde dizem ter chegado ao limite a paciência com o ministro Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro. Alguns falam que o único caminho daqui para frente é um pedido de impeachment do presidente.  Os gestores estaduais de Saúde não receberam nenhuma comunicação sobre o cancelamento da ida do avião brasileiro à Índia, após o fracasso das negociações feitas pelo próprio presidente com o governo indiano. Os secretários se queixam ainda de que não foram avisados sobre mudança no calendário de vacinação e veem o episódio como um vexame e um fracasso nacional.  Segundo o Painel da Folha de S.Paulo , gestores estaduais afirmam que o governo e o ministério estão completamente perdidos. Alguns deles só veem como solução para a tragédia sanitária o impeachment do presid

Reinaldo

Senado Federal: Flávio Bolsonaro pode depor no caso COAF que envolve seu ex-assessor nesta 5ª feira

Resultado de imagem para Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no caso de seu ex-assessor Fabrício QueirozEstá marcado para esta 5ª feira (10) o depoimento do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no caso de seu ex-assessor Fabrício Queiroz, citado em 1 relatório do Coaf por movimentação atípica, de R$ 1,2 milhão, na conta bancária, de janeiro de 2016 a janeiro de 2017.
Em uma das transações, 1 cheque de R$ 24.000 foi destinado à primeira-dama, Michelle Bolsonaro.
Filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado estadual não respondeu até o momento ao MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) sobre o convite feito. Flávio não é investigado.
Senado Federal do Brasil: Sem cirurgia programada Flávio Bolsonaro pode depor no caso COAF que envolve seu ex-assessor nesta 5ª feira

Comentários

Questão