Internacional humilha o São Paulo em pleno Morumbi e assume a liderança do Brasileirão

O Colorado foi até São Paulo, fez 5 a 1 no Tricolor Paulista e assumiu a ponta do Campeonato Brasileiro nesta quarta. Victor Cuesta, Caio Vidal e Yuri Alberto (três vezes) marcaram os gols para os gaúchos, Luciano descontou para os paulistas.  O Internacional agora tem 59 pontos, contra 57 do São Paulo. Jornalistas ressaltam a superação de Abel Braga. Segundo PVC, foi a maior goleada sofrida pelo São Paulo no Morumbi. Fonte:  Estadão Esportes no Twitter: "Inter massacra o São Paulo no Morumbi e assume a liderança do Brasileirão https://t.co/9DExaC0B6z" / Twitter

Reinaldo

Mídias Brasil: Assim como aconteceu com o Facebook, o WhatsApp também toma medidas para evitar a propagação das fake news

Como tudo na vida tem lado bom e o ruim, as "crianças" do mundo não se comportaram direito, não souberam utilizar para o bem o presente recebido, e aos poucos vão perdendo o direito de usar ferramentas que ajudam a propagar mensagens e pensamentos por ai. Mark Zuckemberg e seus pares já tinham retirado do Facebook a função de receber postagens automáticas de outros sites e aplicativos.


Agora chegou a vez do WhatsApp também limitar ações como medidas para combater a disseminação de notícias falsas através da sua plataforma, o app vai limitar para cinco o número de vezes que um usuário pode reenviar uma mensagem para seus contatos. A medida é uma tentativa de combater notícias falsas e boatos, afirmaram os executivos da companhia nesta segunda-feira, 21, em um evento em Jacarta, na Indonésia.
Anteriormente, um usuário do WhatsApp poderia reenviar uma mensagem para 20 outros usuários ou grupos. O limite de cinco reenvios expande para nível global uma medida que o WhatsApp colocou em prática na Índia em julho, depois da disseminação de rumores em mídias sociais que levaram a assassinatos e tentativas de linchamento.
Mídias Brasil | Tecnologia | L: Assim como aconteceu com o Facebook, o WhatsApp também toma medidas para evitar a propagação das fake news

Comentários

Questão