Por amor a Maradona: TIMES ARGENTINOS FAZEM 'PACTO' PARA VENCER A LIBERTADORES DA AMÉRICA

Em meio ao tributo a Diego Maradona no futebol argentino neste fim de semana, dirigentes de Racing, Boca Juniors e River Plate trocaram mensagens combinando um esforço coletivo para conquistar a Libertadores da América deste ano. Para o trio, esta será a melhor homenagem possível à memória do maior jogador da história do país. O que Racing, Boca e River sonham mesmo é com a repetição da final de 2018, quando River e Boca decidiram a Libertadores e o clube de Núñez levou a melhor. Os três entendem que uma eventual finalíssima argentina em 30 de janeiro no Maracanã seria especialmente lucrativa pelas inevitáveis menções a Maradona, ajudando a reforçar seus cofres, cada vez mais combalidos. Pelo que demonstrou, a Conmebol tampouco torceria o nariz à decisão "100% argentina e maradoniana". A entidade se referiu a Diego na semana passada como o maior jogador de todos os tempos, incomodando a CBF . Conhecendo o impacto da figura de Maradona nos gramados argentinos, a pressão dirige

Reinaldo

Michelle Bolsonaro rebate críticas e faz revelações inéditas


Michelle vai contar que manteve em segredo, até mesmo de Bolsonaro, o discurso que preparou para a cerimônia da posse e muito mais. Ela recebeu a Record no Palácio da Alvorada. 
Durante a entrevista, Michelle Bolsonaro deu detalhes dos bastidores do discurso feito na cerimônia de posse do presidente da República, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro. Michelle ainda rebateu críticas, avaliou os desafios que a aguardam, comentou sobre trabalho voluntário e lembrou da origem simples na periferia de Brasília.

Comentários

Questão