Secretários de Saúde veem fracasso de Bolsonaro e Pazuello e também querem impeachment

Secretários estaduais de Saúde consideram que sucessivos vexames de Bolsonaro e Pazuello com as vacinas levaram a situação ao limite do suportável. Alguns gestores já apoiam pedido de impeachment do ocupante do Planalto.  Secretários de Saúde dizem ter chegado ao limite a paciência com o ministro Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro. Alguns falam que o único caminho daqui para frente é um pedido de impeachment do presidente.  Os gestores estaduais de Saúde não receberam nenhuma comunicação sobre o cancelamento da ida do avião brasileiro à Índia, após o fracasso das negociações feitas pelo próprio presidente com o governo indiano. Os secretários se queixam ainda de que não foram avisados sobre mudança no calendário de vacinação e veem o episódio como um vexame e um fracasso nacional.  Segundo o Painel da Folha de S.Paulo , gestores estaduais afirmam que o governo e o ministério estão completamente perdidos. Alguns deles só veem como solução para a tragédia sanitária o impeachment do presid

Reinaldo

João de Deus ou do Diabo? Filha também acusa João de Deus de estupro e quer milhões para "reparar a honra"



Entre as dezenas de mulheres que denunciaram o médium João de Deus por assédio sexual, está a própria filha dele, Dalva Teixeira. Segundo a Revista Marie Claire, ela denuncia que foi estuprada diversas vezes pelo pai quando ainda era criança. Ainda conforme a reportagem, Dalva está escondida por motivo de segurança, e é representada pelo Advogado Marcos Bocchini em um processo movido neste ano e que corre sob sigilo da Justiça de Goiás.


As fontes ouvidas pela revista relatam que a filha pede uma indenização de R$ 50 milhões por danos morais sofridos em razão do estupro continuado.
“O funcionamento de abusos por líderes religiosos com mulheres, ou com crianças como é comum no caso dos padres católicos, é a reprodução dos modus operandi do patriarcado na sociedade", diz pesquisadora
Filha acusa João de Deus de assédio sexual e pede indenização milionária - Marie Claire | Notícias

Comentários

Questão