Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Caso João de Deus: Mais de 300 denúncias foram registradas em dez estados



Os Ministérios Públicos de dez estados brasileiros, receberam mais de 300 denúncias contra João de Deus. O médium desembarcou nesta quarta-feira (12), no interior de Goiás e compareceu à casa Dom Inácio de Loyola, mas não prestou atendimento. Segundo a assessoria de João de Deus, a intenção do médium é retomar as atividades normalmente, sem afrontar a justiça, mas, após chegar na cidade, teve uma crise de pressão alta e teve as consultas canceladas.

Comentários

Questão