Juliette não esperava repercussão mas se divertiu com o pedido de tradução do Pokemón da Nintendo

Juliette colocou um ponto final no mistério e divulgou em Live no Instagram nesta quinta-feira (3) as datas e as cidades que devem receber os primeiros cinco shows de sua turnê, 'Caminhos' . As cidades escolhidas são do Nordeste e Sudeste do país, e já acontecem ainda neste de março. O local escolhido para o primeiro show, aquele que marca a estréia dela nos palcos acontece na cidade em que reside, o Rio de Janeiro, no dia 26 deste mês. João Pessoa, capital do estado natal de Juliette, Paraíba, também faz parte da rota da turnê no início de abril. Vitória, no Espírito Santo, e Recife, também terão shows da cantora. Muito se perguntou nas redes sociais após a divulgação sobre Campina Grande, apesar de Juliette não ter falado sobre isso, acreditamos que a Pitica deve estar reservando a cidade e o Parque do Povo para realizar o sonho de cantar no maior São João do mundo em Junho. Nas redes sociais, a paraibana celebrou o novo desafio, e convidou os fãs a conhecerem este “novo cami

Reinaldo

Um novo Marajá no Planalto! Jair Bolsonaro vai perceber vencimentos bem acima do teto do funcionalismo público

Apesar do discurso humilde do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), durante a campanha, o contracheque dele será um dos mais gordos da Esplanada: R$ 60.236,15. A informação é do blog do Lauro Jardim, do O Globo. 
R$ 60 mil mensais e o hábito de passar o pano em tudo... "Difícil entender a reação irritada dos Bolsominios que passam o pano e defendem o novo rendimento do Presidente. Bolsonaro prometeu, na campanha, que iria combater os marajás do serviço público e privilégios. Como ele vai virar um marajá acumulando vencimentos acima do teto - R$ 60 mil por mês - estamos cobrando que dê o exemplo. E corte seu salário. É o mínimo que deve fazer para não passar por mentiroso. Se ele fizer esse corte, vamos aplaudir. Simples assim".
Jair reproduziu o discurso de Fernando Collor contra os marajás, mas a cifra alcançada consegue superar a maior fatia do funcionalismo público. Ela só foi alcançada porque, a partir de janeiro, Bolsonaro estará apto a se aposentar pelo antigo Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC) e poderá receber da Câmara R$ 29.301,45 mensais. O salário de presidente são R$ 30.934,70. O mecanismo que corta o salário quando se ultrapassa o teto constitucional de R$ 33,7 mil não atinge aposentados pelo IPC. E há ainda o salário de capitão reformado, valor não informado por Bolsonaro.


Comentários

Questão