Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Brasil assume meta para reduzir 144 mil toneladas de açúcar até 2022

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira 26, uma meta para reduzir a quantidade de açúcar em alimentos industrializados produzidos no Brasil. O plano, detalhado pelo ministro da pasta, Gilberto Occhi, em coletiva de imprensa, prevê uma diminuição de até 144 toneladas no consumo de açúcar até 2022, por meio de um acordo de compromisso assinado com a OMS
via Brasil assume meta para reduzir 144 mil toneladas de açúcar até 2022 — VEJA.com

Com este acordo, o Brasil passa a ser um dos primeiros países do mundo a buscar essa diminuição.

Comentários

Questão