Juliette realiza o sonho da casa própria para os quatro irmãos e plano de saúde para toda família

Ainda confinada no BBB, Juliette revelou como pretendia usar o prêmio milionário, caso vencesse o reality: 'Primeiramente, para a cirurgia que minha mainha precisa fazer. Depois, para uma casa própria para os meus irmãos, uma casa popular', contou a advogada e maquiadora que desde sempre era favorita a ganhar 1 milhão e meio. Juliette virou a caçula da casa após a morte da irmã mais nova, Juliene, aos 17 anos. Eles são Washington, de 38 anos, Lourival Junior, de 43, Otto, de 42, e José Valdelino, de 35, irmãos da Pitica por parte de pai.    https://youtu.be/mJ68w-0k2_c    #EPJuliette, #Bença, #Doce, #DiferençaMara, #Vixequegostoso, #Benzim, #SeiLa #JulietteFreire, #juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #JulietteNoHugoGloss, #BBB21, #TeamJuliette, #JuliettenaSAMSUNG, #JuliettenaSeara #TemporadaJulietteNoTVZ, #JuliettenaEstacio, #jul

Reinaldo

Vereador Paulo Magalhães visita a Santa Casa de Goiânia com o objetivo de reabrir a maternidade

Como presidente do Comitê pela reabertura da maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, o vereador Paulo Magalhães, juntamente com demais parlamentares, irá realizar na próxima segunda-feira (07), às 14h30, uma visita in loco, visando diagnosticar os reais motivos do fechamento e quem são os responsáveis pela falta de repasse do recurso financeiro.
Considerado o hospital de referência na região Centro-Oeste, a Santa Casa de Misericórdia foi construída em 1º de novembro de 1936, juntamente com a fundação de Goiânia, contando com o apoio da então primeira-dama, Gercina Borges Teixeira, considerada pela sociedade da época a "mãe dos pobres".

"Eu nasci lá, em 1947, a maternidade foi criada 11 anos antes do meu nascimento. Eu não posso aceitar fechar um lugar que atende a camada mais carente. Estão rasgando a história da primeira maternidade de Goiânia. Que nós possamos encontrar um caminho para que a essa instituição possa continuar servido essas pessoas", pontuou o vereador.

Todas as atividades da maternidade do hospital foram encerradas na última segunda-feira (30). Segundo a administração, o fechamento inclui, além dos partos, todas as consultas de ginecologia e obstetrícia e que o serviço foi paralisado por conta da falta de profissionais. A média de partos na instituição, há dois anos, era de 150 por mês.

Para Paulo Magalhães, esse fato é um abuso e falta de respeito com as pessoas mais pobres da comunidade. "Como nós podemos explicar para a população, em que vive morrendo nas filas dos hospitais em busca de saúde, que é um direito constitucional, que uma importante instituição como a maternidade da Santa Casa irá deixar de prestar atendimento?", questionou.

Comitê

Nesse sentido, o vereador Paulo Magalhães propôs, durante sessão plenária, a criação de um Comitê, com a participação de 10 outros parlamentares, para discutir e buscar soluções para uma possível reabertura da maternidade. Após a visita na Unidade de Saúde para diagnosticar as causas do fechamento, o Comitê irá dialogar com o Prefeito Iris Rezende, com o Secretário Estadual de Saúde, Leonardo Vilela, e, posteriormente, com o Governador José Eliton, na busca pela reabertura do local.

Comentários

Questão