O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

O Governo e o CNJ querem cortar privilégios de quem? Depois do escândalo dos juízes, ministros milionários de Temer também recebem auxílio moradia


Michel Temer não disse que quer acabar com privilégios... Tai uma ótima oportunidade para sair do discurso e partir para prática. Tudo neste país é fácil e complicado, o presidente tem a caneta e pode revogar os benefícios, mas quem disse que ele quer acabar com isso? Ilegal ou imoral seria dar um aumento digno para o salário mínimo. Auxílios para quem ganha verdadeiras fortunas tem sempre um viés de legalidade e nos chama razão de que não adianta reforma nenhuma se não tivermos hombridade de reconhecer que nossa crise é moral antes de mais nada.
Assim como boa parte dos membros do judiciário, alguns ministros do governo do presidente Michel Temer também recebem dos cofres públicos auxílio moradia. O caso que mais chama atenção é o do… 460 mais palavras
via Milionários, ministros de Temer ganham auxílio moradia — VEJA.com

Comentários

Questão