Juliette não esperava repercussão mas se divertiu com o pedido de tradução do Pokemón da Nintendo

Juliette colocou um ponto final no mistério e divulgou em Live no Instagram nesta quinta-feira (3) as datas e as cidades que devem receber os primeiros cinco shows de sua turnê, 'Caminhos' . As cidades escolhidas são do Nordeste e Sudeste do país, e já acontecem ainda neste de março. O local escolhido para o primeiro show, aquele que marca a estréia dela nos palcos acontece na cidade em que reside, o Rio de Janeiro, no dia 26 deste mês. João Pessoa, capital do estado natal de Juliette, Paraíba, também faz parte da rota da turnê no início de abril. Vitória, no Espírito Santo, e Recife, também terão shows da cantora. Muito se perguntou nas redes sociais após a divulgação sobre Campina Grande, apesar de Juliette não ter falado sobre isso, acreditamos que a Pitica deve estar reservando a cidade e o Parque do Povo para realizar o sonho de cantar no maior São João do mundo em Junho. Nas redes sociais, a paraibana celebrou o novo desafio, e convidou os fãs a conhecerem este “novo cami

Reinaldo

Náutico quer jogadores gabaritados @Reinaldo_Cruz @QB_7 @dribles_ @Assuntosdegoias @QB_7 @Aparecida_

Enquanto os grandes clubes voltam suas atenções para as categorias de base, no Náutico o pensamento vai na linha contrária e uma das principais críticas quanto à formação do elenco no início da temporada foi a falta de rodagem de alguns jogadores.
As cobranças por jogadores experientes pode levar a diretoria a montar um elenco master para disputar a série A de 2012.
Depois de um péssimo estadual, a reformulação do grupo se faz necessária e pelo desenrolar das contratações já anunciadas e das pretensões do Timbu, a experiência vem sendo o principal critério utilizado pela diretoria. Tanto no quesito idade, quanto no que diz respeito ao currículo dos atletas.
Até agora, o Náutico apresentou três reforços. O mais novo deles é o zagueiro Márcio Rosário, de 28 anos. Ele disputou os últimos três campeonatos brasileiros da Série A por Botafogo e Fluminense. Já os outros dois estão na faixa acima dos 30 anos. O lateral direito Alessandro, 34, já disputou nada menos do que 12 brasileiros da Primeira Divisão. O volante Martinez, 32, por sua vez, tem no currículo dez participações na elite do futebol brasileiro.
O critério está presente nas demais negociações de reforços. De todos os nomes já especulados pelo Náutico, não há nenhuma aposta ou jovem revelação, por exemplo. O atacante Ricardo Bueno é uma exceção no quesito idade – tem apenas 24 anos -, mas não perde em experiência em Série A. Ele disputou as últimas três competições, por Grêmio, Atlético/MG e Palmeiras. Por sinal, ontem ele esteve acertando os últimos detalhes da sua saída do clube paulista para, enfim, ser repassado por empréstimo a Náutico.
A maioria dos reforços, porém, segue a linha “experiente mais de 30”. Os últimos nomes que surgiram foram o do lateral esquerdo Lúcio, 32, ex-Grêmio, atualmente sem clube, do meia Gilberto, ex-Cruzeiro, 36, que está defendendo o América/MG, e do atacante Araújo, ex-Fluminense, 34. Todos com vasta experiência em Série A. O gerente de futebol do Náutico, Carlos Kila, confirmou o interesse por Lúcio. “Gilberto foi oferecido no ano passado, mas não nos interessa agora. Estamos negociando com o Lúcio, mas ele está pedindo um salário alto.”
A procura por reforços com esse perfil mostra a dificuldade que a diretoria está enfrentando para contratar. Os principais nomes dos Estaduais pelo Brasil já estão sendo contratados por equipes de maior poder aquisitivo. Tal concorrência acaba inflacionando os pedidos de empresários e atletas.

Com informações do Super Esportes

Comentários

Questão