AVON foi a primeira a fazer de Juliette sua Embaixadora #olhadenovo

Em Maio a campeã do ‘Big Brother Brasil 21′, Juliette Freire, de 31 anos, se tornou Embaixadora da marca Avon. Era o primeiro contrato dela pós reality show . Ela ainda estava se adaptando e comemorando o seu sucesso avassalador de engajamento.  O calendário marcava a data de 17 de Maio quando a marca de cosméticos Avon fez o anuncio que deixou os cactos eufóricos com a conquista da maquiadora paraibana, assim Juliette se tornou a nova estrela das campanhas publicitárias da marca. #EPJuliette, #Bença, #Doce, #DiferençaMara, #Vixequegostoso, #Benzim, #SeiLa #JulietteFreire, #juliettenaamericanas, #avonliette, #juliettenogloboplay, #HAVAINASDEJULIETTE, #JulietteELOccitane, #ACeADeJuliette, #BohemiadaJuliette,#juliettenaloccitaneaubresil, #BohemiadaJuliette, #JulietteNoHugoGloss, #BBB21, #TeamJuliette, #JuliettenaSAMSUNG, #JuliettenaSeara #TemporadaJulietteNoTVZ, #JuliettenaEstacio, #juliette, #MPN, #JulietteCriadora, #TVZJULIETTE, #JuliettenoMusicaBoa

Reinaldo

Agora vai:Conselho de Ética abre processo contra Demóstenes @Reinaldo_Cruz @Assuntosdegoias @BrasliaDF

Por unanimidade os quinze integrantes do Conselho de Ética do Senado Federal aprovaram o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE), que pediu a abertura de processo disciplinar por quebra de decoro contra o goiano Demóstenes Torres (sem partido), acusado de envolvimento com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
Com a decisão tomada nesta terça-feira (8), o Conselho de Ética sinaliza que a recomendação para a perda de mandato é inevitável. No plenário do Senado a cassação deve ser aprovada sem a unanimidade do Conselho, uma vez que o regimento da Casa prevê votação secreta. Ou seja, alguns senadores votarão contra a cassação do mandato de Demóstenes Torres.
Após a decisão do plenário, a defesa de Demóstenes por certo recorrerá ao Supremo Tribunal Federal, como forma de adiar ao máximo a decisão do plenário da Casa. Isso porque sem o mandato parlamentar Demóstenes Torres perderá o chamado foro privilegiado e poderá ser preso a qualquer momento pela Polícia Federal, uma vez que em Goiás o ainda senador corre o risco de ser expulso do Ministério Público estadual.

Fonte: Ucho.info


Comentários

Questão