O ator e humorista Batoré morre em São Paulo

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. "As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", diz nota da Prefeitura. Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa " A Praça é Nossa ", do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela "Velho Chico" em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP. Fonte: Batoré, ator e humorista, morre em SP | São Paulo | G1

Reinaldo

Corinthians vence fácil e torcedor acredita na conquista da Libertadores @Reinaldo_Cruz http://bit.ly/eL2vgT @QB_7


O Timão venceu o Nacional no Pacaembu e conquistou a primeira na Libertadores da América 2012.
Com uma vitória fácil por 2 a 0, o Corinthians chegou aos quatro pontos no grupo 6 e encostou no Cruz Azul (MEX), que tem seis.
Danilo e Jorge Henrique marcaram os gols que garantiram a festa dos mais de 30 mil corintianos presentes no Pacaembu.

O Corinthians esta nesta Libertadores pressionado por tudo e por todos, os jogadores e o técnico Tite dsabem da responsabilidade, por que a equipe nunca conquistou o torneio. Se já não bastava ser um jogo de Libertadores, obsessão da torcida corintiana, o Timão precisava da vitória em casa, já que empatou o primeiro duelo (contra o Táchira-VEN) e o Cruz Azul-MEX está com duas vitórias. O Nacional, que perdeu o primeiro duelo em casa para os mexicanos, precisavam pelo menos de um pontinho no Pacaembu. Não conseguiu, ainda bem.


FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2x0 NACIONAL (PAR)
CORINTHIANS: Julio Cesar, Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex (Douglas, 34'/2ºT) Danilo e Jorge Henrique (Emerson, 40'/2ºT); Liedson (Elton, 34'/2ºT). Técnico: Tite.

NACIONAL (PAR): Don, Mazacotte, Miranda, Raúl Piris e Mendoza; Riveros, Vilarreal, Cáceres (Cano, 18'/2ºT) e D. Orué; A. Orué (Rodrigo Teixeira, 10'/2ºT) e González (Bogado, intervalo). Técnico: Javier Torrente.

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/hora: 7/3/2012 -- 22h
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Auxiliares: Carlos Astroza e Juan Maturana (CHI)
Público e renda: 29.336 / R$ 1.829.930,00
GOLS: Danilo, 38'/1ºT (1-0); Jorge Henrique, 21'/2ºT (2-0)
Cartões amarelos: Leandro Castán e Fábio Santos (Corinthians)

Comentários

Questão