Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Goiás enfrenta a Macaca @Reinaldo_Cruz @Assuntosdegoias @Copa_aespl @Copaflavios @Marcellotas

A torcida dividida não sabe ao certo se o desfalque do atacante Guto será uma vez mais problema ou solução na equipe do Goiás, que nesta sexta-feira visita a Ponte Preta e pretende atravessa-la como fez na Copa do Brasil. O jogador sofre com uma fascite plantar (problema na sola do pé) e será preservado ao menos por mais este jogo (já não atuou contra o Boa Esporte - vitória por 2 a 0 - na última terça-feira. Marco Antônio, médico do Goiás, evitou fazer uma previsão de retorno para Guto. Por enquanto, o certo é que ele segue fora nesta sexta-feira - A gente preferiu poupa-ló desse jogo, mas obviamente quem define a volta é o atleta. Porque é ele que sente a dor - disse o médico, em entrevista à Rádio 730. Ainda comandado pelo interino Marcelo Defendi, o Goiás enfrenta a Ponte às 21h50m desta sexta-feira. Enquanto o Esmeraldino tenta voltar à parte de cima da tabela, a Macaca luta para retomar a liderança da Série B do Brasileirão.

Comentários

Questão