Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Novas pandemias: como o tratamento dado aos sistemas naturais do Brasil pode provocar esse problema


Durante o "Conversas na Crise - Depois do Futuro", organizado pelo Instituto de Estudos avançados da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) em parceria com o UOL, o biólogo Marcos Sorrentino diz que, com o tratamento que é dado às florestas e ao meio ambiente em geral, pandemias como a do novo coronavírus podem se tornar comuns. Para ele, já é surpreende que a atual pandemia não tenho surgido de locais como a própria floresta Amazônica, aqui no Brasil.
 
-------------------------

Comentários

Questão