Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

FLÁVIO BOLSONARO: REPUTAÇÃO RACHADINHA

Mídia de cabeçalho
Em uma reportagem publicada neste sábado, o 'Intercept' diz ter tido acesso a um inquérito sigiloso que corre no Ministério Público do Rio. Segundo o texto, documentos provam que o senador Flavio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, lucrou com a construção ilegal de prédios erguidos pela milícia usando dinheiro público – um desdobramento de um esquema da 'rachadinha' no gabinete de Flavio quando ele era deputado estadual. Em nota, o Ministério Público do Rio de Janeiro diz que a reportagem 'não retrata a verdade dos fatos' e que o órgão não irá se manifestar mais em razão do sigilo do inquérito.

Comentários

Questão