Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

Jorge Sampaoli e diretor Gabriel Andreatta estão chegando a BH para definir detalhes finais com o Galo

O técnico argentino desembarcou no Aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã deste domingo para fechar acordo com o Atlético-MG. O contrato previsto vai até dezembro de 2021. Segundo o jornalista Paulo Vinícius Coelho, do @globoesporte, o aporte mensal de R$ 1,2 milhão para pagar o salário de Sampaoli seria feito por investidores.
Imagem
Fonte: (7) Jorge Sampaoli chega a Belo Horizonte e deve assinar com o Atlético-MG / Twitter

Comentários

Questão