Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

Moro deixou de investigar o futuro colega Paulo Guedes



Sergio Moro deixou de investigar o economista Paulo Guedes por suspeitas de lavagem de dinheiro, revela a Folha de São Paulo. Para o comentarista João Cayres, a explicação é que, na ocasião, Moro e Guedes esperavam Jair Bolsonaro virar presidente para integrar o ministério, em que hoje são colegas.

#SergioMoro
#PauloGuedes
#GovernoBolsonaro

Comentários

Questão