Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

PainelWW - Bolsonaro reinventou a política ou não está sabendo fazer política?



William Waack recebe um filósofo, um especialista em administração pública e um cientista político para abrir a nova temporada do PainelWW. O foco dessa edição são as tentativas de amenizar os desencontros entre os três poderes, num sistema político descrito como falido. 

Convidados:

    • EDUARDO GRIN
É Doutor em Administração Pública e Governo e professor da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Coordena o curso de pós-graduação "Projetos Sociais e Políticas Públicas" no Senac de São Paulo. 

    • LUIZ FELIPE PONDÉ
Filósofo e escritor, é formado pela USP com pós doutorado na Universidade de Tel Aviv, em Israel. Tem inúmeros livros publicados e é colunista da Folha de São Paulo.

    • FERNANDO SCHÜLER
Professor do Insper, onde também é curador do Projeto “Fronteiras do Pensamento”. Tem doutorado em Filosofia e Mestrado em Ciências Políticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com Pós-Doutorado pela Columbia University, em NY. Assim como Pondé, também escreve para a Folha.

Especialmente nesta edição de abertura da nova temporada, o PainelWW será gravado no estúdio da redação do jornal O Estado de S. Paulo, no qual William Waack publica uma coluna semanal sempre às quintas-feiras. A última coluna, publicada em 30 de maio, abre a discussão para o programa desta semana. 

Comentários

Questão