Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz

O prefeito de Sorocaba ordenou a compra de R$ 57 mil em medicamentos que, segundo médicos infectologistas, não possuem eficácia contra a Covid-19. Esses medicamentos serão distribuídos nas UBS da cidade, informou o governo municipal. O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) usou uma portaria do Ministério da Saúde para justificar a compra.  A Sociedade Brasileira de Infectologia se pronunciou contra a recomendação de remédios para tratamento precoce pela ineficácia desses medicamentos e pela possibilidade de causarem efeitos colaterais.   Prefeitura de Sorocaba indica "tratamento precoce", que infectologistas dizem ser ineficaz / Twitter

Reinaldo

PACTO DE BOLSONARO: DEU RUIM?


O #DinheiroNaConta de hoje estreia em novo horário com Gabriela Lisbôa e Mitchel Diniz em um bate-papo sobre os principais assuntos da economia e política. No estúdio, Teco Medina comenta mais uma revisão para baixo do PIB brasileiro pelo Banco Central. 
Em Brasília, a repórter Carolina Rizzo trás as últimas informações sobre a MP Antifraude do INSS, que está sendo votada no Senado e é considerada um dos pilares do ajuste fiscal do governo. A semana começou com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, questionando o pacto entre os três poderes anunciado pelo governo. Será que deu ruim? 
O Ministério da Agricultura suspendeu as vendas de carne bovina para a China e as ações dos frigoríficos despencaram. Setor de tecnologia em alerta com o Google na mira do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. 
A chinesa Huawei anunciou que vai reduzir a produção de celulares – reflexo da guerra comercial com os norteamericanos

Comentários

Questão