Alvo de quebra de sigilo no caso Flávio Bolsonaro é assessor do vice Mourão

O que se sabe até agora sobre o tiroteio na Catedral de Campinas



O homem que matou quatro pessoas e se suicidou em seguida na Catedral Metropolitana de Campinas, nesta terça-feira (11), foi identificado como Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos. Segundo investigações preliminares da polícia de Campinas, cidade que fica a 98 km de São Paulo, o atirador não conhecia nenhuma das pessoas que estavam lá.
via O que se sabe até agora sobre o tiroteio na Catedral de Campinas — EXAME

Um vídeo do circuito de segurança da Catedral Metropolitana de Campinas (SP) registrou o momento em que um atirador abre fogo contra fiéis durante uma missa no início da tarde desta terça-feira (11). Euler Fernando Grandolpho matou quatro pessoas e depois se matou ainda dentro da igreja. 
No total, nove pessoas ficaram feridas. Nas imagens, é possível observar que o homem levanta, atira primeiro em três pessoas que estavam no banco atrás do dele, e começa a andar atirando de maneira aleatória. 
O vídeo ainda mostra algumas pessoas correndo para fora da igreja.
 

Comentários