Comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega recorreram a Jair Bolsonaro, diz The Intercept

Ligações perigosas apontam para relações estreitas entre comparsas do miliciano Adriano da Nóbrega e o Presidente da República, a matéria intitulada o "O cara da casa de vidro" traz dados que levantam suspeitas sobre Jair Bolsonaro.   O Intercept já havia reportado sobre as escutas em fevereiro, quando mostramos como Adriano dizia que “se fodia” por ser amigo do presidente da República, e em março, quando detalhamos a briga pelo espólio deixado pelo ex-caveira. As referências a “Jair” e “cara da casa de vidro” constam em novos documentos recebidos pela reportagem, que, em conjunto com as escutas anteriores, permitem entender a amplitude das relações do miliciano e da rede que lhe deu apoio no período em que passou foragido. Adriano da Nóbrega fugia da justiça desde janeiro de 2019, quando o Ministério Público do Rio pediu a sua prisão, acusando-o de chefiar a milícia Escritório do Crime, especializada em assassinatos por encomenda. Ex-integrante da elite do batalhão de elite

Reinaldo

GUILHERME PAREDE É CONTRATADO PELO S.C INTERNACIONAL

Não é o reforço que a torcida do Internacional esperava, ainda mais depois da saída de Leandro Damião, mas é o que nome que o Colorado oficializou neste domingo (30 de dezembro). A contratação do atacante Guilherme Paredes, do Coritiba, acontece após um acordo por empréstimo, que será válido até 31 de dezembro de 2019 e já tinha sido selado na última sexta-feira (28) após o Colorado pagar cerca de R$ 1,5 milhão para ficar com 25% dos direitos econômicos do atleta de 23 anos.
Guilherme Parede foi um dos destaques do Coxa, mesmo o time paranaense não alcançando o acesso para a Série A. O jogador sabe que as cobranças no time de Porto Alegre serão maiores, mas confia que pode fazer um bom papel com camisa do Internacional.

Comentários

Questão