Após prisão, prefeito de Niterói diz estar perplexo e nega ter recebido propina

Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, é preso nesta segunda-feira (10), em casa, num desdobramento da Lava Jato. Neves é suspeito de desvios nos transportes. 
A ação é do Ministério Público Estadual. Rodrigo Neves é acusado de ter desviado mais de R$ 10 milhões da verba destinada ao transporte na cidade. 
Ele foi detido em uma força-tarefa do Ministério Público Estadual e da Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro.

Comentários