Juliette lança nova música "Solar" que passa mensagem de que os dias ruins também passam

A letra de SOLAR foi escrita por alguém que naquele momento estava dilacerada pela vida, não tinha como saber que aquelas palavras carregadas de tristeza virariam uma bela e alegre música um dia, afinal de contas, elas tinham o intuíto de homenagear e lembrar uma perda muito grande.  As palavras vieram, a caneta deslizou sobre o papel e o texto fluiu de forma natural escrito por alguém magoada, com a fé abalada e triste pelas pancadas da vida naquele momento. Os dias mais difíceis nos levam a pensar que não vamos aguentar, a boa notícia é que eles também passam. A perda de alguém que amamos é irreparável e por vezes nos tira a própria luz do dia, mas que bom testemunhar que Deus nunca soltou a mão de Juliette e ainda permitiu que aquela tristeza de outrora se tornasse um encanto em forma música. A canção "Solar" traz Esperança, conforto e alegria. Na voz aveludada de Juliette ela avisa que o Sol volta sempre para fazer o nosso dia ser lindo outra vez.

Reinaldo

Decisão de Bolsonaro beneficia corruptos? Envolvidos na operação Registro Espúrio comemoram o fim do Ministério do Trabalho

Resultado de imagem para Fim do MTE e a operação Registro Espúrio

     Michel Temer pode ser Embaixador do Brasil na Itália? Pode. Logo ele que tem respostas a dar nos processos em que é investigado e deveriam ser julgados assim que ele deixar o governo.
     Não são apenas as empresas listadas na conhecida lista suja, aquelas que utilizam de trabalho análogo a escravidão, que estão comemorando a decisão do Presidente eleito de por fim na história de 88 anos do Ministério do Trabalho, o PTB de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil, Jovair Arantes e outros 23 envolvidos na Operação Registro Espúrio também devem estar festejando de forma efusiva a extinção da pasta que tem atribuições que vão além de cuidar da emissão de carteiras profissionais. O fim do MTE além de criar dificuldades na apuração das irregularidades cometidas pelos integrantes do partido na pasta, também colabora para esfriar o interesse da mídia sobre essas ilicitudes ocorridas dentro de um ministério que sequer vai existir à partir da posse de Jair Messias Bolsonaro em Janeiro de 2019. 
     As decisões do eleito e sua equipe de transição estão sim agradando a alguém, e pelo visto os atores que deveriam ser os combatidos pelo Governo estão entre os principais, talvez únicos, beneficiados por elas.

Comentários

Questão